Mistura de Cores

Categoria Geral

cores

Introdução

O estudo das cores é algo surpreendente. Entender como funciona a mistura de cores é importante tanto para quem trabalha na área artística, como também para aqueles que têm curiosidade a respeito de como funciona a classificação das cores e as suas respectivas combinações. Cada cor tem seu respectivo pigmento e luz, e saber combinar isso é fundamental para que cada resultado seja aquele que você espera. A seguir, falaremos sobre a mistura de cores.

Mistura de Cores

As cores vermelha, magenta, amarela, ciano, azul, preta e branca são chamadas de cores subtrativas, ou seja, aquelas que atuam por subtração. Em se tratando de tinta, qualquer tipo serve para o experimento, até mesmo aquela tinta utilizada nas pinturas das casas. A cor preta, por exemplo, pode ser obtida com a mistura destas cores, mas dificilmente é possível se adquirir o mesmo tom de preto, a não ser que a precisão da quantidade de cada cor seja muito boa.

A mistura das cores vermelho e azul, por exemplo, resulta na cor roxa. Entretanto, o roxo resultante com a combinação destas duas cores não é um roxo vibrante, e sim um roxo escuro, sem vida. Isto acontece devido ao fato do vermelho e azul serem combinações secundárias de cores primárias, ou seja, cada uma delas subtrai a luz e, consequentemente, reflete menos do espectro das cores.

mistura-de-cores

A mistura das cores magenta e ciano, por sua vez, resulta em uma coloração mais viva e vibrante, já que estas duas cores são primárias.

Para que você possa obter os resultados desejados com a mistura de cores, é essencial que você saiba quais pigmentos deve utilizar para criar as cores primárias e secundárias. As cores de pigmento primárias são o magenta, o ciano e o amarelo. Já as três cores secundárias, resultantes da combinação de duas cores primárias, são as seguintes:

Amarelo + Ciano = Verde
Magenta + Ciano = Azul
Amarelo + Magenta = Vermelho
Magenta + Ciano + Amarelo = Preto
A mistura de cores subtrativas resulta na cor preta.

Diferentemente das cores subtrativas, há aquelas cores chamadas aditivas, ou seja, que atuam por adição. Para que você compreenda de maneira mais fácil, observe a área branca de algum site e aproxime bastante a visão. Você perceberá que a cor branca na tela do monitor é formada por pontos verdes, vermelhos e azuis. Ao contrário dos pigmentos, a luz resultante é aditiva, resultante da combinação de claridade. Todas as telas, sejam elas de cinema, televisão ou celular, funcionam com a combinação de cores aditivas.

estudo-das-cores

Igual ao que acontece com as cores subtrativas, as cores aditivas são compostas por 3 cores primárias e 3 cores secundárias, obtidas por meio da mistura de cores primárias. Confira os resultados de tais combinações:

Azul + Vermelho = Magenta
Verde + Azul = Ciano
Vermelho + Verde = Amarelo

A mistura de cores aditivas resulta em branco.

Teoria Avançada das Cores

A percepção das cores é muito interessante. O ser humano percebe as cores e as definem de maneiras subjetiva e objetiva. Apesar da ciência conseguir medir e definir a luz, os olhos do ser humano percebem uma mistura complexa, seja da coloração, seja da saturação e da claridade das cores.

teoria-das-cores

A maneira que enxergamos as cores depende não somente do que o que estamos vendo, como também onde estamos vendo. Além disso, cada pessoa percebe as cores de uma maneira diferente. As pessoas daltônicas, por exemplo, têm uma percepção muito diferente de alguém que não é daltônico.

As Três Dimensões da Cor

São dimensões das cores a coloração, a saturação e a claridade. Toda cor tem estas três dimensões.

A coloração é a posição onde a cor se encontra no círculo cromático, como o laranja, o vermelho e o amarelo, por exemplo. Há também as cores conhecidas como intermediárias, como o laranja amarelado e o vermelho alaranjado, por exemplo. No caso do marrom, a sua coloração é a cor laranja, já que o marrom nada mais é do que um laranja escuro.

A saturação, por sua vez, é a responsável pelas cores vivas e vibrantes, como aquelas que compõe o arco-íris, bem como o círculo cromático. As cores claras, conhecidas como matizes, e as cores escuras, chamadas de tonalidades, bem como as cores opacas ou tons, apresentam uma menor saturação.

círculo-cromático

Por fim, a claridade é a responsável por indicar a proximidade que uma cor tem do branco ou do preto, independentemente de qual cor se trata. Experimente tirar uma foto em branco e preto de algo colorido e observe como a claridade indica quais são as cores mais claras e quais são as cores mais escuras.

Mistura de Cores de Tintas

As cores subtrativas primárias são o magenta, o ciano e o amarelo, ou seja, a combinação destas três cores resulta em qualquer outra cor. Entretanto, estas cores não podem ser conseguidas com a mistura de outras cores. As cores primárias subtrativas são utilizadas na mistura de pigmentos diversos, como corantes, tinturas e tintas.

A mistura das cores amarela e magenta, por exemplo, resulta nas cores vermelha e laranja. Já a mistura da cor amarela com a cor ciano resulta em cores verdes. As cores magenta e ciano, quando misturadas, resultam nas cores de tonalidades roxas e azuis.

Experimente organizar as cores do círculo cromático em forma triangular, onde as cores amarela, magenta e ciano dividem cada canto do triângulo. Para que você obtenha as cores vivas, basta mistura qualquer uma das cores em um dos lados do triângulo.

tintas

A mistura do laranja com o magenta, bem como do magenta com o amarelo, resulta na cor vermelha. A cor laranja, por sua vez, pode ser obtida com a mistura do vermelho com o amarelo. Há diversas opções de cores vivas e vibrantes que podem ser obtidas com a mistura de cores primárias e secundárias, mas os resultados mais satisfatórios são conseguidos com a mistura das cores que se encontram mais próximas entre si no círculo cromático.

A mistura de cores dos dois lados distintos do triângulo, como o vermelho e o azul, resulta em cores escuras. Quando misturadas, as cores azul e vermelha resultam em um roxo escuro, por exemplo.

As cores que apresentam baixa saturação, ou seja, aquelas que não são vivas, apresentam três formas: matizes, ou cores claras, tonalidades, ou cores escuras e tons, ou cores opacas.

lápis-de-cor

Em se tratando de clareamento, basta que você adicione a cor branca a qualquer cor para que esta se torne mais clara. Já para se obter o escurecimento das cores, adicione a cor preta a qualquer uma delas.

Adicionar as cores branca ou preta, em como a cor branca com a cor que você está utilizando, faz com que o resultado seja uma cor opaca e apagada. Experimente variar a quantidade de preto e branco na sua mistura, e você poderá observar que qualquer saturação ou luminosidade pode ser obtida.

A cor preta pode ser obtida com a mistura de quaisquer uma das cores complementares, bem como com a mistura de 3 ou mais cores que se encontram espaçadas no círculo cromático. A cor branca, entretanto, não é possível ser obtida com a mistura de tintas.

Receitas de Cores

volpi

Você pode obter a cor exata ajustando a quantidade de cada tinta utilizada. Qualquer cor de tonalidade clara pode adquirir uma tonalidade mais clara ou escura com a adição da cor branca, basta que você teste a quantidade de branco que deve ser utilizada para os resultados desejados. A seguir, confira instruções que lhe ajudarão a obter a cor desejada:

Magenta: não é possível obter o magenta com a mistura de cores, motivo pelo qual esta tinta deve ser comprada.
Magenta claro: misture cor branca à cor magenta.
Magenta escuro: misture um pouco de cor preta ou verde à cor magenta.
Magenta opaco: misture as cores branca e preta à cor magenta.

Vermelho: misture um pouco de amarelo ou laranja à cor magenta.
Vermelho claro: misture um pouco de branco à cor vermelha.
Vermelho escuro: misture um pouco de preto ou ciano à cor vermelha.
Vermelho opaco: misture um pouco de branco e preto, ou ciano, à cor vermelha.

Laranja: misture amarelo à cor vermelha ou magenta.
Laranja claro, ou marrom: misture um pouco de preto ou azul à cor laranja. O laranja escuro também pode ser obtido com a mistura do verde com vermelho.
Laranja opaco, ou marrom claro: misture branco e preto, ou azul, à cor laranja.

Amarelo: o amarelo não pode ser obtido com a mistura de cores. É preciso que você compre a tinta.
Amarelo claro: misture branco à cor amarela.
Amarelo escuro, ou verde oliva: misture um pouco de preto, ou azul-violeta, à cor amarela.
Amarelo opaco, ou verde oliva claro: misture branco e preto, ou azul-violeta, à cor amarela.

Verde lima: misture um pouco de verde ou ciano à cor amarela.
Verde lima claro: misture branco à cor verde lima.
Verde lima escuro: misture um pouco de preto, ou roxo, à cor verde limão.
Verde lima opaco: misture branco e preto, ou roxo, à cor verde lima.

Verde: misture as cores ciano e amarela.
Verde claro: misture branco à cor verde.
Verde escuro: misture um pouco de preto ou magenta à cor verde.
Verde acinzentado: misture branco e preto, ou magenta, à cor verde.

Verde azulado: misture ciano e um pouco de amarelo ou verde.
Verde azulado claro: misture branco à cor verde azulado.
Verde azulado escuro: misture um pouco preto, ou vermelho-magenta, à cor verde azulado.
Verde azulado opaco: misture branco e preto, ou vermelho-magenta, à cor verde azulado.

Ciano, ou azul turquesa: a cor ciano não pode ser obtida com a mistura de cores. Você terá de comprar a tinta.
Ciano claro: misture branco à cor ciano.
Ciano escuro: misture um pouco de preto, ou vermelho, à cor ciano.
Ciano opaco: misture branco e preto, ou vermelho, à cor ciano.

Azul: misture um pouco de roxo ou magenta à cor ciano.
Azul claro: misture branco à cor azul.
Azul escuro: misture um pouco de preto ou laranja à cor azul.
Azul opaco: misture branco e preto ou laranja à cor azul.

Azul-violeta: misture magenta à cor ciano ou azul.
Violeta claro, ou lavanda: misture branco à cor azul-violeta.
Azul-violeta escuro: misture um pouco de preto ou amarelo à cor azul-violeta.
Azul-violeta opaco: misture branco e preto ou amarelo à cor azul-violeta.

Roxo: misture magenta com um pouco de azul, ciano ou violeta.
Roxo claro: misture branco à cor roxa.
Roxo escuro: misture um pouco de preto ou verde lima à cor roxa.
Roxo opaco: misture branco e preto ou verde lima à cor roxa.

Preto: a cor preta pode ser obtida a partir da mistura de dois complementos ou qualquer uma das três cores espaçadas de maneira igual no círculo cromático RBG/CMY, como o azul, o vermelho e o verde.
Branco: a cor branca não pode ser obtida com a mistura das cores.
Cinza: a cor cinza é resultante da mistura das cores preta e branca.

Este artigo foi útil?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda)
Loading...

Comentários

comentários